Notícias

Imprensa Oficial reúne escritores e entrega arquivos digitais de livros
11/06/2018

A Imprensa Oficial do Estado (IOE) encerrou sua participação na 22ª Feira Pan-Amazônica do Livro, neste domingo, 10, reunindo cerca de 15 escritores cujas obras levaram o selo Edições IOE. Na ocasião foi entregue em um pencard, o arquivo original das obras editadas pela autarquia, oportunizando que o autor tenha domínio, físico e intelectual, sobre seus livros. O evento reuniu escritores com longa carreira como Walcyr Monteiro e estreantes como Claudio Rendeiro.

“O grande barato é essa reunião dos escritores, independente de receber o arquivo ou não”, saudou o escritor Paulo Maués, que teve o livro ‘Viagem a Santarém’ editado pela Imprensa Oficial do Estado. Maués acredita ser importante o autor ter o domínio sobre sua obra. “Ter o respeito sobre o teu trabalho é muito gratificante, e na Imprensa o autor é respeitado”, pontuou.

Segundo Nélio Palheta, cuja estreia literária ocorreu com o livro ‘Equinócio’, a Imprensa Oficial lançar mão dos recursos digitais é perfeitamente compatível com a realidade atual da mídia. Palheta considera o ato um avanço: tanto para a memória editorial da Imprensa, quanto para a utilização tecnológica dessa produção. “Eu particularmente pretendo pegar esse arquivo do meu livro e disponibilizar nas editoras digitais, nas online como a Amazon e outras plataformas que permitem você fazer entrega por demanda dessas obras”, afirmou.

Claudio Rendeiro, que lançou, na Feira do Livro, dois livros intitulados ‘Sátiras de um ribeirinho’ e ‘Líricas ribeirinhas e outra margens’, parabenizou a iniciativa da autarquia. “É um presente que você recebe para poder publicar, fazer outras tiragens. Eu fico muito grato e muito feliz de ter lançado meus primeiros livros neste espaço”, considerou Rendeiro. Segundo ele, quando a própria editora disponibiliza o domínio físico da obra, isso facilita muito a vida do escritor.

“Foi uma surpresa muito bonita. Eu não esperava por isso e fico muito feliz de poder ter a minha obra comigo para poder fazer uso dela de outras formas”, agradeceu Juliana Dias, autora do livro ‘Belém das mulheres’.

Maciste Costa, autor do livro infantil ‘As Casas’, agradeceu o carinho que a Imprensa teve com os autores. “Eu pretendo trabalhar esse arquivo com as escolas; e quando essa tiragem for acabando, já penso em fazer uma segunda edição”, contou.

“A IOE ao longo da gestão do presidente Cláudio Rocha apoiou vários projetos editoriais e como estamos encerrando a gestão, entendemos que temos que entregar para o autor, o arquivo do livro que foi publicado que a IOE tinha a salvaguarda. A partir de agora ele pode comercializar a obra a seu modo”, informou o diretor Técnico da IOE, Augusto Henrique Neto.

“Este Encontro com os Autores que promovemos tem, sobretudo, o intuito de arrematar laços de amizade e de troca de conhecimentos em vários campos do saber. Aqui temos autores de obras que foram resultado de trabalhos acadêmicos, assim como de poesias de outros temas”, observou Carmen Palheta, diretora de Documentação da IOE.

Texto: Ronaldo Quadros
Ascom IOE 

Fonte: Imprensa Oficial